Análise fundamentalista – o que é?

As ações devem ser estudadas com profundidade para que você possa investir o seu dinheiro da maneira correta. Se você ainda não começou com esses estudos, a primeira coisa a decidir é a frente de Análise fundamentalista que está disposto a seguir.

No mundo dos negócios, falamos em duas principais frentes: a frente de análise fundamentalista e a frente de análise técnica. As duas são referentes a ações, mas trabalham por perspectivas distintas.

Hoje, vamos nos aprofundar nos estudos sobre a análise fundamentalista. Como ela pode ser feita? O que ela ensina? Tudo isso, você poderá conferir aqui.

Assim, você já pode decidir se essa é a sua frente de estudos favorita. Entenda mais a seguir!

Análise fundamentalista

O que é a análise fundamentalista?

O desempenho de uma empresa frente ao mercado pode ser afetado por uma grande variedade de elementos. Para descobrir quais são e como andam esses elementos, podemos usar a análise fundamentalista.

Você deve entender que quando um fator afeta o desempenho de uma empresa, ele consequentemente estará afetando o valor das ações, e é aí que você precisa prestar atenção.

De maneira geral, uma análise fundamentalista completa analisa como anda a saúde financeira e operacional de uma empresa. Você não vai avaliar pontualmente as ações de mercado financeiro da corporação, mas sim os fatores que estão relacionados. Pode parecer que essa não é uma técnica muito direta, mas ela funciona perfeitamente.

Algumas perguntas podem ser respondidas por meio desse tipo de análise:

  • Como anda a receita da empresa frente às despesas gerais?
  • A empresa é lucrativa no mercado?
  • Como é a relação com a concorrência?
  • Quem ganha no embate do mercado atual?

Esses são alguns dos principais questionamentos.

Perceba que, quando você se pergunta, por exemplo, como estão os lucros da empresa, não estamos verificando quanto desse lucro ela investe em ações. Esse é apenas um caminho para avaliar se o empreendimento se encontra firme no mercado ou se as ações podem flutuar mais do que deveriam. Uma coisa influencia a outra de maneira mais profunda do que você imagina.

Quais são as variáveis analisadas?

Ok, você já sabe que precisamos analisar as variáveis que influenciam nas ações quando falamos de uma análise fundamentalista. Mas quais são essas variáveis? De fato, se você parar para analisar, vai perceber que o número de detalhes que podem exercer influência é grande.

Então, como decidir?

Primeiramente, precisamos pontuar que você vai precisar decidir por um corpo básico de elementos de análise, pautados no mercado dessa empresa, nas carências frequentes dos produtos, entre outros fatores. Para isso, podemos te ajudar a fazer uma das grandes distinções desse tipo de investigação: variáveis quantitativas e qualitativas.

As variáveis quantitativas são todas aquelas que podemos acessar por meio de números, como o lucro e a receita de uma empresa. Você vai precisar analisar o que os números significam para poder prosseguir.

As variáveis qualitativas são aquelas que podem ser expressas em formato de texto, ou seja, que não precisam de números. Geralmente, são variáveis mais utilizadas em termos de desempenho e qualidade, que realmente não precisam de indicadores numéricos.

Alguns exemplos são: a imagem promovida pela marca para o público, a qualidade das parcerias fechadas e as características dos diretores de cada unidade.

Com isso, você já pode começar a entender mais profundamente as suas variáveis. Não se esqueça de separar quantitativas de qualitativas para ajudar.

O que é o valor intrínseco?

Antes de prosseguirmos para uma abordagem mais prática da análise fundamentalista, precisamos abordar o conceito de valor intrínseco. Esse conceito, amplamente estudado nesse tipo de avaliação, está baseado no pressuposto de que o valor total das ações não expressa realmente o valor de uma empresa.

No que está pautado o valor de uma empresa então? Como já falamos, as variáveis se acumulam. O preço final de uma ação no mercado não leva em consideração essas variáveis, uma vez que ele está expresso no tempo presente. Uma análise mais aprofundada, que é o que estamos orientando aqui, leva em conta os valores futuros e o histórico de relação com as variáveis por parte da empresa.

Ao analisar esse detalhe, você pode perceber que existem algumas avaliações de mercado que são muito superficiais. De fato, existem muitas coisas a estudar sobre os valores numéricos de mercado de uma empresa, assim como sobre as suas alterações. Porém, essa ainda fica uma análise muito restrita.

É por conta desses argumentos que observamos que a análise fundamentalista tende a funcionar com mais qualidade para alguns casos. Se você não quer correr riscos e quer entender onde está investindo, essa é uma boa opção.

Para que usamos esse tipo de análise?

Comparação entre empresas

Primeiramente, você pode usar essa ferramenta para analisar as diferenças entre empresas. É claro que você pode fazer uma avaliação somente levando em conta os valores pontuais de mercado, das ações.

Entretanto, aqui você pode até confrontar empresas concorrentes.

Isso é o que geralmente ocorre quando você quer comprar as ações de um segmento. Como saber qual delas você deve escolher? Não basta simplesmente investir na maior, na que tem ações mais vantajosas.

Com a análise mais aprofundada, você saberá, por exemplo, se a empresa está crescendo por uma alta repentina ou se ela sempre teve bons resultados. Assim, uma pequena previsão sobre as vantagens do seu investimento poderá ser feita com sucesso.

Valor esperado de ações

Como você já sabe sobre todos os fundamentos da empresa na qual quer investir, pode inferir valores médios para as ações. E para que serve essa ferramenta? A partir desse valor, que podemos chamar de ideal, você pode analisar o que está ocorrendo realmente com as ações da empresa.

A regra é simples: se as ações estiverem mais valorizadas do que o valor ideal, você precisa investir na venda (considerando que você já tenha comprado), ou nem começar a comprar, pois o momento é ruim.

Se as ações estiverem menos valorizadas, esse é um excelente momento para vender, mas não para comprar.

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.

 

Fale Conosco

(11) 3181-0610

(11) 9 5754-3265

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top