Bitcoin: o que é e como ele funciona?

foto de moeda bitcoin
O Bitcoin é uma moeda digital utilizada para fazer compras e negócios online ou doações para entidades espalhadas ao redor do mundo.

Bitcoin é uma espécie de dinheiro, mas que se diferencia por ser digital e não produzida pelo governo de nenhuma nação. Trata-se de uma ferramenta inovadora que é empregada em transações online por se tratar de uma forma segura e rápida para efetuar pagamentos.

A moeda descentralizada ganhou destaque pela primeira vez em 2008, em um grupo de discussão chamado The Cryptography Mailing. O criador oficial do sistema permanece anônimo, e a apresentação da moeda foi feita no ano seguinte. Por sua versatilidade e aceitação, o bitcoin foi apelidado de “dólar da internet”.

De acordo com levantamentos oficiais, em 2017 houve quebra de recordes em volume de transações nesse modelo, com um aumento de 55%. Portanto, fica evidente que o Bitcoin é uma tendência em franca ascensão.

Como funciona o Bitcoin?

Para começar, o usuário deve ter uma carteira virtual, que pode ser obtida de graça na internet e ficar salva tanto no computador quanto em pen drives. Após o cadastro, o indivíduo adquire uma identidade, conhecida como endereço.

É possível conseguir crédito em bitcoins de três modos: com dinheiro físico em casas de câmbio, trabalhando com bitcoin quando fizer vendas ou “minerando” moedas. Esse último método consiste em ceder um percentual do poder de processamento do seu computador para que a rede siga expandindo. Em troca, o dono do equipamento embolsa bitcoins.

Vantagens de usar bitcoins

Os usuários podem utilizar a moeda virtual a partir de qualquer lugar, seja para fazer compras e negócios online ou para doar a entidades espalhadas ao redor do mundo — como Greenpeace, por exemplo. Por ser criptografada, os recursos ficam muito bem protegidos, garantindo maior tranquilidade para os investidores.

Assim que o comércio eletrônico surgiu, estabeleceu-se também uma nova dinâmica entre vendedores e consumidores. Caso a pessoa deseje pagar com um boleto, é necessário ir até uma instituição bancária ou acertar via online banking. Seja qual for a opção, o vendedor recebe o valor só após alguns dias. Ou seja, o processo não é concluído com tanta agilidade.

Além da taxa do boleto, ambas as partes precisam possuir contas em um banco. Este contexto também conta sempre com a presenta de um mediador, que pode ser o próprio banco ou uma empresa tipo PayPal. O bitcoin acaba com todos os inconvenientes citados e não determina valores mínimos ou máximos para os procedimentos econômicos.

Imagem: © Depositphotos.com / ulchik74

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.

Tem Dúvidas?

Fale Conosco

3003-0439

Quer Saber Mais?

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top