Controle de gastos: saiba qual a importância e como fazer o seu

A sensação de que o dinheiro vai acabar bem antes do mês é familiar para você? Já pensou que talvez isso aconteça porque você não está fazendo um controle de gastos em sua casa?

Conheça alguns motivos para investir seu tempo em um controle de gastos e aprenda a fazer o seu:

Por que fazer um controle de gastos

O principal benefício de fazer seu controle de gastos é, como o nome já diz, ter controle sobre o seu dinheiro. Quando você olha para o quanto gasta, para o quanto recebe e procura entender o quanto é possível economizar, você conhece sua real situação financeira.

O planejamento de médio ou longo prazo evita que você fique contando o dinheiro para que ele dure até o fim do mês, pois com todo esse conhecimento em mãos, fica mais fácil traçar e atingir objetivos, seja comprar um imóvel, viajar, começar a investir. 

Dessa forma, você também fica longe das dívidas, o que evita preocupação e melhora sua qualidade de vida. Dessa forma, é possível conquistar a sonhada independência financeira.

Como fazer seu controle de gastos

Nunca é tarde para começar a controlar seus gastos. Veja como começar agora:

Saiba quanto dinheiro entra e quanto sai

Antes de mais nada, você precisa mapear suas fontes de renda e de custo para saber o quanto recebe e o quanto gasta todos os meses. Se você tem mais de um trabalho ou se é freelancer, isso é ainda mais importante. Pode anotar em um papel ou criar uma planilha, o importante é ter tudo registrado.

Defina gastos prioritários

É importante também saber quais gastos são indispensáveis — aluguel, conta de água, luz, internet etc. entrariam nessa conta. Separe também aqueles gastos que são supérfluos e que, portanto, podem ser evitados.

Isso é útil porque faz com que você evite gastar dinheiro com compras desnecessárias ou que não será capaz de pagar. O que sobrar no fim do mês você pode guardar ou investir.

Diminua as dívidas

Ao fazer a priorização dos seus gastos, você verá que alguns duram alguns meses e depois acabam. É o caso das dívidas.

É importante que você não fique postergando o pagamento, o que pode acarretar em ainda mais juros. Defina um valor mensal que pode ser destinado ao pagamento desses débitos e comprometa-se a saná-los, se for o seu caso.

Aproveite para evitar parcelamentos “a perder de vista” no futuro. Esse tipo de dívida ajuda você a perder seu controle financeiro. Prefira pagar suas compras na hora.

Compre com mais critério

Por falar nisso, uma forma de controlar seus gastos é comprando de forma mais exigente e crítica. Avalie sua compra e veja se vai valer a pena, compare preços para pagar menos, peça descontos.

Esse exercício ajuda a entender que alguns produtos ou serviços são superfaturados ou que você pode, simplesmente, viver sem eles.

Comece a investir

Se você começou a controlar seus gastos da maneira certa, sua conta não vai mais ficar no vermelho ao fim do mês. Sobrará alguma quantia ali. E o que fazer com ela? Investir!

Essa é uma maneira mais eficiente de fazer render o seu dinheiro, em vez de deixá-lo parado na poupança. Busque investimentos seguros e mais rentáveis para o seu dinheiro se multiplicar — falaremos com mais detalhes sobre eles aqui no blog!

O controle de gastos é uma maneira simples e muito eficaz de planejar suas finanças. Use-a com frequência e verá os resultados!

E você, tem alguma dica sobre controle de gastos? Deixe-a nos comentários abaixo!

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.

 
© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top