O que são ativo e passivo circulantes?

homens analisando dinheiro
Ativos e passivos circulantes têm em comum o fato de serem direitos e obrigações a curto prazo, constituídos pelo dinheiro que entra e sai diariamente de uma empresa.

Todos os bens e direitos que uma empresa possui e que podem ser revertidos em dinheiro fazem parte do seu ativo. O passivo fica por conta de dívidas e obrigações, independentemente de elas serem devidas a pessoas físicas ou jurídicas. Em outras palavras: ativo é o que se tem, enquanto passivo é o que se deve pagar.

O segredo para manter a saúde financeira de uma instituição está justamente em manter essas duas vertentes em equilíbrio, uma vez que dever mais do que se pode pagar torna-se um grave problema que pode se transformar em uma bola de neve.

Tanto ativo quanto passivo podem ser subdivididos em partes. O ativo subdivide-se em permanente (investimentos adquiridos), fixo (bens e direitos), tangíveis (bens materiais), intangíveis (direitos legais), diferido (aplicações de recursos) e circulante. Este último termo refere-se a bens e direitos representados por contas que estão sujeitas à conversão em dinheiro de acordo com a necessidade da empresa.

O passivo, por sua vez, pode ser classificado em: a longo prazo (dívidas a serem pagas no prazo mínimo de um ano), resultados de exercícios futuros (inclui contas que a empresa pode receber adiantado) e circulante. O passivo circulante engloba as obrigações contraídas pela empresa e que devem ser pagas no próximo ano, sendo representado por praticamente todas as contas e impostos que a empresa tem a pagar. Além disso, existe um grupo classificado como “outros passivos”, que engloba aqueles que não podem ser inclusos em nenhum dos grupos citados.

Ativos e passivos circulantes têm em comum o fato de serem direitos e obrigações a curto prazo. São, basicamente, constituídos pelo dinheiro que entra e sai diariamente de uma empresa. Alguns recebimentos e pagamentos tendem a se tornar tão automáticos que, muitas vezes, o empresário não nos se conta deles, e esse deslize leva muitas empresas a perderem o controle do que entra e do que sai de seus caixas.

A partir do momento em que ativos e passivos se movimentam sem que seja prestada a devida atenção, a empresa começa a trilhar um perigoso caminho que leva ao total desequilíbrio de suas contas. Por isso, é de extrema importância que o gestor esteja sempre atento aos valores do ativo e passivo, investigando a raiz do problema sempre que surgir algum desequilíbrio entre eles.

Imagem: © Depositphotos.com / MSSA

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

(11) 3230-2238


Suporte ao Aluno:

(11) 9 3024-0660

[email protected]

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top