Organizar finanças – 7 passos indispensáveis

Organizar finanças leva tempo e pode acabar em complicações se você não tomar cuidado e prestar atenção ao que está fazendo. Ainda há uma dificuldade mais geral: muitas pessoas não sabem que existe uma técnica para organizar finanças com qualidade.

A maioria acaba fazendo o trabalho por cima, sem um método e sem entrar em detalhes. É a mesma coisa que fazem aquelas pessoas que apenas conferem o extrato do cartão, de vez em quando, torcendo para que os valores estejam sempre em uma média.

Se você quer organizar finanças com qualidade e não cair em problemas em algum momento, existem métodos que você pode usar com segurança. Ainda não sabe quais são eles?

Não se preocupe! Confira o nosso passo-à-passo de organização de finanças e nunca mais tenha dificuldades.

Aprenda como organizar finanças

Organizar finanças

Observe se você não tem dívidas grandes

O primeiro passo para quem quer organizar finanças com qualidade é o enfoque em dívidas maiores. Você pode até não estar devendo nada para ninguém, mas muitas pessoas possuem problemas graves com dívidas, que precisam ser resolvidos antes de começar a pensar em organização.

Essa dica inicial é para quem está com problemas de endividamento: você precisa achar uma maneira de renegociar ou pagar essas dívidas o mais rápido possível. Afinal, os juros podem se tornar uma grande questão, que está mantendo a sua conta no vermelho.

Se a dívida é muito grande, você não precisa pagar tudo em um mês e ficar sem dinheiro para fazer outras coisas. É importante tentar uma forma de contato com a empresa ou pessoa física antes de partir para o pagamento da totalidade.

Verifique se o seu orçamento está desequilibrado

Agora que você já considerou as suas dívidas, o próximo passo para organizar finanças é observar o momento presente em relação a sua conta bancária. Uma enorme quantidade de pessoas tem o hábito de gastar mais do que está na conta, seja por meio de cartões de crédito, empréstimos, entre outros.

Veja se a sua conta está desequilibrada, ou seja, se você está gastando mais do que pode e/ou do que ganha mensalmente. Se isso não acontecer, você precisa pensar em maneiras de garantir que os gastos não saiam dessa faixa.

Se você identificar o problema, é essencial partir para uma análise mais aprofundada:

  • O que eu estou fazendo que está me colocando nessa posição?

Para isso, acompanhe as transações de sua conta por um mês, e comece a responder a essa pergunta.

Faça um planejamento mensal

Para organizar finanças, você vai precisar de um planejamento com base mensal. Não adianta fazer um documento de ganhos e gastos detalhado e esperar que ele ainda esteja valendo no final do período de um ano. Afinal, muita coisa pode mudar.

O que nós sugerimos é tirar um dia do mês, podendo ser o dia em que você recebe, para dedicar a organizar finanças. Assim, você não fica perdido em contas novas, despesas que entraram ou saíram da sua vida e gastos esporádicos.

Não se preocupe se não conseguir cumprir essa tarefa de planejamento no mesmo dia todos os meses. O importante é não se esquecer de rever o seu documento e ficar sempre de olho em mudanças.

Calcule e defina prioridades

Por melhor que seja o seu salário, você nunca vai ter condições de consumir tudo que deseja. Por isso, precisa começar a praticar um exercício de priorização. Pode ser até por conta dessa falta de prioridades que algumas pessoas acabam endividadas.

Para tornar o processo mais simples, você pode valorar as atividades que dependem do dinheiro. Coloque uma prioridade de valor 100 para aquelas atividades que você não pode deixar de realizar. O valor 50 seria para atividades de importância média e o 0 para aquelas que podem ser realizadas mais tarde.

Cuidado para não confundir essa prioridade com o seu interesse. Algumas coisas podem ser muito almejadas, mas não são necessárias de modo completo no momento.

Separe dinheiro de emergência

Agora que você já tem os processos básicos relacionados as suas finanças organizadas, pode começar a pensar no dinheiro de emergência. De modo geral, todas as pessoas precisam poupar dinheiro alguma vez em suas vidas, para usar caso algo ocorra.

Na pior das hipóteses, você pode perder o seu emprego e precisar se manter até achar outro. Se você possuir um dinheiro de emergência, não precisará ficar tão preocupado. Vale pontuar que o dinheiro de emergência geralmente se acumula, então você terá quantias maiores.

Para saber o quanto você deve guardar, observe a sua conta bancária e veja o que pode ser retirado. A necessidade de sacrificar alguns recursos pode existir e você deve avaliar os seus gastos todas as vezes que isso for feito.

Planeje sonhos tangíveis

Sabemos que os sonhos são parte da realidade de todos. Você não precisa abandonar os seus sonhos para ter um bom planejamento financeiro. Na realidade, esse planejamento precisa incluir as suas ambições.

Por isso, você pode assumir uma postura mais prática em relação ao que almeja. Basta separar os sonhos em grau de possibilidade no momento.

  • Quanto dinheiro esse sonho me custa?
  • Eu posso começar a poupar essa quantia desde agora?
  • Quanto tempo vai demorar para atingir o meu objetivo?

Todos esses são questionamentos válidos.

Você também pode, como já foi dito, separar os sonhos em grau de prioridade. Para isso, faça uma análise mais aprofundada das condições gerais da sua vida, e não apenas das finanças.

Faça investimentos

Os investimentos são importantes formas de lucrar para além do seu salário e dos seus ganhos mensais. Se você já está com as finanças minimamente organizadas, está na hora de pensar em investir.

Primeiramente, procure uma boa corretora ou invista ao lado do seu banco. Você precisará de muitas orientações nos passos iniciais, então não tenha medo de pedir ajuda para um coach financeiro, dependendo de quanto e como você quer investir.

Você ainda deve definir o seu perfil: mais arriscado ou mais tradicional. Após essa fase, basta pesquisar os melhores investimentos para você.

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.

 
© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top