Planejamento pessoal – 7 erros mais cometidos

Fazer um planejamento pessoal é cometer erros. Não tem jeito! Em algum momento vamos cometer um equívoco que pode prejudicar todos os nossos objetivos.

Entretanto, se quer driblar as possibilidades de errar e melhorar o seu planejamento pessoal, existem alguns cuidados que são importantes. Primeiramente, é necessário saber quais são esses tão comuns erros, para que você possa se prevenir.

Se você ainda não sabe de quais erros estamos falando, fique atento em nossa seleção. Aqui, te mostramos todas as falhas que podem comprometer de maneira grave o seu planejamento pessoal e que são mais frequentes do que você imagina.

Crie um planejamento pessoal e nunca mais se comprometa!

Planejamento pessoal

Não possuir uma planilha organizada

O seu planejamento pessoal exige uma planilha em que você possa calcular todas as suas despesas, ganhos e direcionamentos do capital que dispõe. Se você ainda não tem isso, está perdendo grande parte do seu tempo fazendo planos sem sentido.

Muitas pessoas acham que basta separar as categorias do seu orçamento pessoal e gastar de maneira consciente. Na realidade, não é bem assim. O seu orçamento merece um planejamento concreto, que pode ser realizado por meio de uma planilha normal do Excel ou até de um aplicativo. Hoje em dia, são muitas as suas opções.

Ter objetivos com prazos curtos demais

Os objetivos precisam ser alcançáveis e a longo prazo, se você quer ter qualidade e sucesso no seu planejamento pessoal. E um dos maiores erros quando o assunto é construir objetivos é exatamente o prazo da sua meta. Grande parte das pessoas planeja levando em consideração o período de um mês.

Em um mês, você certamente precisa planejar alguns elementos, como os gastos com transporte, alimentação e cobranças da casa. São coisas básicas das quais não pode fugir. O que ocorre em alguns casos é um enfoque demasiadamente grande nesses fatores, que acaba colocando as suas metas a longo prazo em segundo plano.

Para não ter problemas, não se esqueça de deixar uma parte do seu planejamento para pensar em metas de longo prazo. Você pode estar visualizando uma realização financeira, um bem material ou até um evento. O importante é direcionar estrategicamente os seus fundos na direção do objetivo, e estabelecer prazos.

Não dar atenção à educação financeira

Organizar o seu planejamento pessoal é difícil? Depende do resultado que você pretende alcançar. Se quer ter um planejamento de excelência, vai precisar entender um pouco mais sobre finanças do que a maioria das pessoas. Esse é um assunto delicado, pois não temos o costume de investir em educação financeira.

Não falamos desse assunto com a família e não procuramos especializações na área. Infelizmente, essa é a tendência geral. Mas isso não significa que você não possa investir na educação financeira e obter melhores resultados no seu planejamento.

Você pode optar por cursos de curto prazo, por orientações de um gestor financeiro pessoal ou até pela compra de livros e outros materiais para aprendizado independente. O importante não é o método e sim a diferença que a educação faz na sua relação com as finanças pessoais. Não deixe de tentar!

Não separar um dinheiro de emergência

O seu planejamento pessoal precisa considerar quantias para emergência. Isso precisa estar evidente em sua planilha, e você deve retirar o valor todos os meses após o seu pagamento. Muitas pessoas se esquecem de separar essa quantia e acabam sofrendo as consequências mais tarde.

Nossa dica é deixar pelo menos alguma quantia do seu salário ou do seu rendimento geral para emergências. Você pode decidir se irá investir esse dinheiro ou não. Entretanto, se for apostar em investimentos, não se esqueça de escolher uma modalidade em que possa retirar o dinheiro quando precisar. Afinal, você nunca sabe quando vai ter uma emergência financeira, certo?

Não reavaliar o seu estilo de vida

O planejamento precisa de uma avaliação do seu estilo. Na realidade, isso é algo feito no começo da sua organização. É grande o número de pessoas que se esquece desse detalhe e isso acaba comprometendo os seus esforços.

Se você gasta mais do que ganha, o problema pode estar no seu estilo de vida. Quando for fazer o seu planejamento financeiro, verá que os valores não estão batendo. Você terá mais despesas do que entradas.

O que fazer nesse caso? Tentar acabar com alguns hábitos financeiros é a medida ideal.

Existem hábitos que não possuem uma utilidade real para garantia das suas condições básicas de vida.

Você deve repensar:

  • Será que as consequências financeiras dos hábitos podem realmente ser sustentadas?
  • Será que vale o seu esforço?

Esse é um exercício de reflexão em que você deve se engajar!

Não ter um plano de investimentos

Um dos elementos essenciais de um planejamento financeiro de qualidade é o plano de investimento. Quando pensamos em poupar dinheiro, estamos pensando também em investir. Afinal, não é recomendado deixar o dinheiro parado, sem que ele esteja rendendo. Com essa atitude, você está perdendo dinheiro!

O primeiro passo para realizar um bom plano de investimento é entender um pouco mais sobre as modalidades em que você pode investir e sobre o seu perfil de investidor.

Saber se é um investidor conservador, moderado ou agressivo é essencial para definir onde você vai investir.

Não se esqueça de colocar variedade de opções no seu plano. Você não pode investir apenas em uma modalidade. Se ela estiver em baixa, sofrerá as maiores consequências se todo o seu dinheiro circular por meio dessa categoria.

Não reavaliar o planejamento

Por fim, avalie o seu planejamento regularmente. Fazer uma reestruturação do seu plano geral é obrigatório para que você possa adequar os seus gastos ao seu rendimento.

Fazer essa reavaliação também é necessário para entender a progressão dos seus objetivos e dos seus investimentos.

Assim, você entende melhor o que está ocorrendo com aquilo que esperava dos próximos meses em um momento anterior.

Se você ainda não reavaliou, comece agora e compreenda seu orçamento com mais profundidade.

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.

 
© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top