7 dicas para uma boa saúde financeira pessoal

homem colocando estetoscópio na carteira
Para ter uma boa saúde financeira é essencial seguir algumas dicas, tais como: seja organizado, estipule metas, avalie as ofertas e controle seus gastos.

Cuidar da saúde financeira se assemelha muito ao cuidado com a saúde pessoal. Isso porque as finanças estão diretamente ligadas aos problemas que afetam o corpo: o estresse, a preocupação e o anseio acompanham constantemente o medo de entrar no vermelho e acabar perdendo o controle da saúde financeira.

Porém, existem meios de evitar que esse medo constante tome conta de sua vida. Com um bom controle da saúde financeira, é possível encontrar o equilíbrio para a saúde pessoal e ainda aproveitar um pouco do restante do salário que entra ao final de cada mês.

Confira 7 dicas pontuais para uma boa saúde financeira

A coordenação da saúde financeira é um trabalho árduo. Quer saber como ficar livre dos problemas financeiros que insistem em acometer ao fim de cada mês? Confira as sete dicas a seguir:

Seja organizado

Faça uma planilha e compute tudo o que entrar e sair de renda. Dessa forma, os números estarão expostos para uma análise detalhada do que foi cobrado.

Preveja os gastos

Adiante os gastos maiores que aparecerão ao longo do ano, tais como impostos. Investimento com material escolar e outras despesas certas. Não esqueça de também prever possíveis emergências, como a troca de móveis ou eletrodomésticos.

Estipule metas

Enumere os desejos para o ano, como a troca do sofá, a aquisição de uma nova geladeira, a construção de uma nova peça ou ainda a compra de um carro novo. Tudo isso pode ser organizado em uma planilha de possibilidades, de modo que seus gastos fiquem esquematizados para futuras economias.

Avalie as ofertas

Não é vergonha nenhuma procurar pelas melhores ofertas. Compre o necessário e aproveite as melhores ofertas de preço para economizar e conseguir fechar o mês com as contas em dia.

Fuja do cheque especial

Evite chegar ao limite do cheque especial ou o pagamento mínimo da fatura de cartão de crédito. Essas são armadilhas que fazem você acumular dívidas e ficar preso às instituições bancárias.

Deixe seu dinheiro render

Não resgate dinheiro aplicado na primeira oportunidade que surgir. Em vez disso, busque o combate do endividamento pela causa, não pelo efeito.

Controle seus gastos

Controlar os gastos é imprescindível. Lembre-se de sempre registrar os valores dos seus gastos, assim como as parcelas de suas compras a prazo. Não deixe que nenhum desconto em sua conta seja uma surpresa!

Imagem: © Depositphotos.com / Direitos de Autor:

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

(11) 3230-2238

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top