Como fazer um plano de ação e o que isso pode influenciar na sua vida financeira

moedas e gráficos desenhados na parede
Por meio de um plano de ação é possível economizar, pagar as dívidas e ainda investir um pouco de dinheiro.

O Brasil possui mais de 900 mil pessoas inadimplentes. Em março de 2017, mais de 59 milhões de pessoas estavam na lista de órgãos de proteção ao crédito. A crise econômica e o desemprego são os principais causadores deste cenário, mas é possível recuperar as finanças pessoais por meio de um plano de ação para pagar as dívidas e até mesmo investir um pouco de dinheiro.

O que é um plano de ação para a vida financeira?

Um plano de ação é um mapeamento, passo a passo, do que é possível ser feito diariamente para poupar dinheiro, cortar gastos desnecessários e investir em melhores oportunidades.

Como fazer um plano de ação?

Acompanhe a movimentação financeira de sua conta

Você só saberá quanto pode gastar se acompanhar seu saldo diariamente. Assim, fica mais fácil alcançar um controle financeiro e ver mais dinheiro sobrando na conta!

Pesquise o preço dos produtos

Antes de comprar, pesquise o valor dos itens que deseja adquirir. Além disso, vale a pena ter em mente que nem tudo que é mais caro é necessariamente melhor.

Evite gastos supérfluos

Compre apenas o que for necessário, evitando fazer compras por impulso. Sempre pense antes de comprar e avalie a finalidade do seu gasto.

Pague sempre a vista

Se possível, evite parcelar as compras. O parcelamento é sempre uma pendência que, mês a mês, diminui o saldo bancário. Além do mais, na compra à vista, pode haver um desconto bem razoável.

Evite compras acumuladas no cartão de crédito

Use o cartão apenas quando for benéfico e quando você tem controle sobre sua conta bancária. O uso do cartão causa a ilusão de ter sempre o dinheiro na hora e, caso você não tenha controle financeiro de conta, o saldo ficará no vermelho quando chegar a fatura. Evite parcelar a fatura, pois os juros do crédito rotativo já passam de 486,8% ao ano.

Trace objetivos realistas

Comece guardando 10% do seu salário. Em seguida, passe para 20%, e assim sucessivamente. Não trace uma meta muito ousada, pois sua frustração será maior caso você não consiga.

Viva o seu padrão de vida e invista o que guardar.

Não queira ter um padrão de vida superior a aquilo que o seu rendimento comporta. Viva com o que te faz feliz, sem comprometer a sua renda. O prazer de viver bem não está no quanto se gasta, mas na qualidade dos bons momentos que se pode viver e que não dependem de dinheiro algum.

O que sobrar na conta é lucro. Procure informações sobre os melhores investimentos e comece a investir seu dinheiro, fazendo ele render.

Imagem: © Depositphotos.com / kavunchik

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

(11) 3230-2238


Suporte ao Aluno:

(11) 9 3024-0660

[email protected]

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top