Como organizar as finanças sem deixar de curtir a vida?

Quando você se depara com a sua vida financeira, você deseja ter um bom planejamento, quer saber como organizar as finanças, mas sem deixar de aproveitar o que a vida tem para te oferecer.

Saiba que isso pode ser perfeitamente conseguido. Você conseguirá poupar sem precisar abrir mão de tudo o que gosta de fazer.

O que você tem que fazer é dar uma analisada nas suas contas, ter um conhecimento completo de tudo sobre as suas finanças. É primordial que você saiba exatamente quanto você ganha e quanto gasta por mês.

E, uma vez que você tenha dificuldades para realizar esse processo, nós queremos mostrar a você como organizar as finanças, sem ter que abrir mão dos prazeres da vida.

Fique atento quanto às informações abaixo e comece já a organizar as suas finanças.

Como organizar as finanças sem deixar de curtir a vida?,

Orçamento doméstico

Uma planilha de orçamento doméstico é a ferramenta essencial de entender como organizar as finanças. Dessa forma, é possível realizar um bom planejamento, onde os seus gastos não interferirão na organização das suas finanças.

Uma boa forma de como organizar as finanças é separar a sua renda em três grupos: qualidade de vida, onde estão gastos como moradia, alimentação e todo o resto que é necessário para você viver de forma adequada; diversão e reserva financeira.

Utilizando a última etapa, reserva financeira, você cria mais três subgrupos: emergência, sonhos e guardar dinheiro.

Com isso, você não viverá apenas para guardar dinheiro para a sua aposentadoria. Também não irá sair gastando tudo. Você precisa ter consciência e saber fazer escolhas, a fim de que possa ter uma vida prazerosa.

E entre essas escolhas, você pode optar por uma forma de lazer que seja mais em conta, ou uma viagem mais barata do que a que você estava pretendendo, pois essas são boas formas de equilibrar o seu bem-estar e garantir um futuro tranquilo.

A reserva financeira ideal é aquela que deve ser construída com disciplina e regularidade. Dessa forma, até nos momentos de maior aperto, você conseguirá poupar.

O planejamento faz com que você tenha uma visualização de qualquer momento diferente, ou acontecimentos que possam vir atrapalhar o seu planejamento. Uma vez que você tenha um planejamento, e as coisas aconteçam de forma inesperada, diferentemente do modo como se imaginou, você terá tranquilidade, pois se preparou para esses tipos de acontecimentos.

Utilize a regra 50-15-35

Um bom modelo para ser utilizado na relação contas x lazer é utilizar a regra dos 50-15-35. Ela é bem fácil de lidar. Com ela, os 50% do que você receber deve ser destinado para os gastos essenciais, como moradia, saúde, transporte e educação.

Os 15% da sua renda devem ser voltados para as suas prioridades financeiras. Podem ser elas uma previdência privada, uma poupança ou até mesmo o pagamento das dívidas. Os 35% restantes podem ser gastos com a forma que você escolhe para curtir a vida. Com isso, você pode direcioná-los para a academia, restaurantes, passeios culturais, eventos esportivos, entre outros.

Quando você cria metas para cada um dos seus gastos, você ter um controle maior sobre a sua vida financeira.

Não faça algo que não te ajudará na economia

Existem certos hábitos que as pessoas possuem que não devem deixar de serem realizados. Se você tem como costume tomar uma água de coco na praia todo final de semana, isso não pode deixar de ser feito, mesmo que represente uma quantia no seu orçamento.

O que você tem que se atentar mesmo é sobre a troca de carro que realiza todos os anos, esse sim é algo que ajuda na sua economia. Outro fator importante é deixar de entrar no cheque especial do banco todos os meses, pagando os juros mais altos do mercado.

Mantenha-se firme na meta estabelecida

A partir do momento que você quer saber como organizar as finanças, você deve elaborar um planejamento financeiro, e manter-se fiel ao que foi planejado, sem mudar de ideia.

Uma boa saída é você apostar numa economia programada, onde você deposita um valor numa conta, ou em algum investimento. Dessa forma, você não irá gastar o valor que se propôs a poupar.

Isso também é importante para respeitar as metas financeiras que se propôs no início do planejamento. Isso fará com que você tenha disciplina na hora de gastar, deixando as duas finanças equilibradas, seguindo a regra 50-15-35.

Controle os seus gastos supérfluos

Uma vez que você deseja guardar dinheiro sem deixar de aproveitar a vida, o modo como organizar as finanças te faz ter foco na qualidade de vida que deseja ter. Isso significa que equilibrar os gastos com itens supérfluos podem ser encontrados em versões mais em conta.

E vale a pena ser flexível. Se você trocou o seu celular ou comprou a camisa do seu time de futebol, compense esses gastos diminuindo suas idas aos bares, restaurantes ou shows. Ou então, faça as unhas em casa.

Essas são as dicas de como organizar as finanças. Siga-as e tenha uma boa vida financeira.

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

(11) 3230-2238


Suporte ao Aluno:

(11) 9 3024-0660

[email protected]

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top