Como organizar minhas finanças?

É extremamente importante que todos nós tenhamos a vida financeira organizada. É por isso que nós estamos aqui hoje, queremos que você saiba como organizar minhas finanças. Se tratando de um assunto essencial, muitas pessoas deveriam entender e levar mais a sério o conceito de organização financeira, evitando as chamas dívidas e os procedimentos adotados quando estas fazem parte do seu cotidiano.

Como organizar minhas finanças passará a ser o seu norte, a parte principal da sua vida financeira, pois será através de como organizar minhas finanças que você terá sucesso e uma vida financeira saudável.

Como organizar minhas finanças representa um ponto de extrema importância na vida de todos nós, isso porque as dificuldades financeiras afetam diretamente o aspecto emocional, acarretando na diminuição da produtividade no trabalho, fazendo com que o seu ambiente familiar acabe sendo afetado.

Diferentemente do que muitos imaginam, o simples fato de ter dinheiro não significa que todos os problemas estarão resolvidos. No fundo, isso é mais consequência, e não causa.

E ao contrário do que pode aparecer, como organizar minhas finanças depende de ações que são bem simples, no mais, um bom planejamento e disciplina. Como organizar minhas finanças representa o primeiro passo em direção á realização dos seus sonhos e projetos.

Com a implantação de iniciativas no dia a dia, qualquer pessoa conseguirá saber como organizar minhas finanças. Para isso, observe as dicas abaixo e as coloque em prática desde já.

Como organizar minhas finanças?

Escreva todos os seus gastos

De nada adianta ter um alto salário se o seu padrão de vida acaba comprometendo todas as suas receitas. É justamente por isso que o seu primeiro passo em como organizar minhas finanças será saber ao certo o modo como você gasta o seu salário. E o local onde você relatar todos esses gastos não importa, o mais importante é que você consiga relacioná-los e tomar conhecimento deles.

Com isso, para o mês que transcorre, é importantíssimo que você crie o hábito de informar absolutamente todas as suas despesas, independente do valor que cada uma delas possui. Que vá desde a bala depois do almoço até o financiamento do veículo e o plano de saúde, tudo deve estar registrado. Essa é a ETA mais importante da forma de como organizar minhas finanças. Relate a data, a descrição e qual foi a forma de pagamento utilizada, se for débito, crédito ou no dinheiro.

Defina as suas prioridades

Após relatar todos os seus gastos e descobrir que as suas contas não estão batendo, é hora de você analisar as suas despesas. Com isso, você precisa definir as suas prioridades e eliminar aquilo que não for essencial para você. Esse é um dos momentos mais complicador de como organizar minhas finanças, pois se trata de um período que requer muita disciplina, além de eliminar alguns gastos que possam ser dolorosos para você.

Entenda que esses cortes são necessários, mas transitórios. Passeio, viagens ou jantares em restaurantes podem esperar um pouco mais, até que as suas finanças estejam organizadas.

Aprenda a fazer uso do seu dinheiro

O que a grande maioria das pessoas se preocupa é em ganhar dinheiro, mas, infelizmente, muitas delas ganham e não sabem como usá-lo. E uma coisa é totalmente diferente da outra. Aprender a ganhar dinheiro faz com que a pessoa acumule uma boa renda, mas não aprender a usá-lo poderá fazer com que ele te leve ao ponto de partida.

Existem diversas histórias de empresários que conseguiram acumular uma grande quantidade de dinheiro, mas acabaram falidos. E não tem nada melhor do que aprender com os erros dos outros. Portanto, leia, estude, busque informação sobre finanças. Existem diversos livros, revistas, jornais e site que traduzem a linguagem da economia para a linguagem do dia a dia.

Estabeleça metas

Com tudo anotado e devidamente mapeado, chegou a hora de definir metas. É nessa etapa que você vai se auto-incentivar a cortar gastos desnecessários a fim de que consiga alcançar as metas estabelecidas.

É aqui que você vai parar e pensar nos seus objetivos de vida. Para ficar mais fácil, você pode separá-los em período, onde o curto se caracterize em até 2 anos, o médio compreenda-se no período de 2 a 5 anos e o longo prazo, que se concentre no período superior a 5 anos. E os objetivos podem ser vários, como viagem dos sonhos, festa de casamento, compra da casa própria, intercâmbio, pós-graduação, tirar um ano sabático, faculdade dos filhos, mudar de profissão, ter sua própria empresa, trocar de celular, comprar um novo carro, entre outros.

Com tudo anotado, você vai pensar duas vezes antes de sair gastando o seu dinheiro com algo desnecessário. Para incentivar, você pode colocar fotos daquilo que você quer em lugar de fácil observação, para que você nunca se esqueça das metas que estabeleceu no início da sua organização financeira.

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.

 

Fale Conosco

(11) 3181-0610

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top