Dicas de como melhorar a gestão da empresa familiar

foto de família dentro da empresa
Para que uma empresa familiar tenha sucesso é preciso que ela seja gerenciada com muito planejamento, capacitação e uma boa gestão financeira.

O sucesso e a longevidade de uma empresa familiar dependem da existência de uma gestão absolutamente profissional. Os laços familiares dizem respeito às pessoas físicas e, portanto, questões familiares e pessoais têm que ficar fora da empresa. Para o negócio dar certo, a empresa familiar tem que ser gerenciada com planejamento, sendo que o alicerce da gestão familiar da empresa deve ser o profissionalismo.

Dicas para melhorar a gestão da empresa familiar

Empresa familiar x família empresária

O fracasso de uma empresa familiar começa quando seus integrantes colocam os laços familiares como pilares de sustentação do negócio. Para evitar problemas, é preciso saber separar os negócios das relações familiares, e o ideal é que todos assimilem o conceito família empresária — em que todos os envolvidos no negócio atuem como empresários de fato, mantendo uma relação profissional apesar dos laços familiares. O pai ou a mãe só podem colocar filhos para ocupar cargos na empresa se estiverem preparados para demiti-los, como qualquer outro funcionário que seja incompetente para a função.

Capacitação

O primeiro passo, principalmente para aqueles que não têm conhecimento sobre administração de empresas, é buscar a capacitação. Muitas empresas fecham as portas antes de completar dois anos de existência devido à má gestão. Para minimizar as chances de isso acontecer, é necessário fazer alguns cursos sobre empreendedorismo, administração, gestão financeira, entre outros assuntos pertinentes ao negócio.

Capacitação e treinamentos de Inteligência Financeira devem fazer parte da rotina da empresa, de modo a garantir uma melhoria contínua dos processos. As empresas familiares que cresceram e ocupam uma posição sólida no mercado são administradas com profissionalismo. Além disso, a alta direção acompanha a evolução do mercado e busca aperfeiçoar seus processos com o que há de mais moderno em termos de gestão empresarial.

Planejamento

Qualquer negócio, independentemente de seu tamanho, deve ser planejado nos mínimos detalhes. Portanto, quando familiares decidem abrir um negócio, é importante encarar o projeto com profissionalismo. O plano de negócios deve ser bem estruturado e com definições claras sobre a missão da empresa, os objetivos e metas a longo prazo, o investimento inicial, capital de giro, estimativa de custos, pró-labore, entre outros aspectos.

Gestão profissional

A empresa é familiar, mas a gestão tem que ser profissional. Cada familiar deve desempenhar funções conforme sua capacidade técnica, principalmente com relação aos cargos estratégicos (administração geral, finanças, contabilidade, marketing, recursos humanos). Se os familiares envolvidos no negócio não possuem os requisitos necessários para dirigir a empresa, é melhor contratar profissionais. Isto não significa colocar a empresa nas mãos de funcionários e ficar na zona de conforto esperando os lucros: todos devem buscar a capacitação para os negócios.

Gestão financeira

A gestão financeira é outro aspecto vital para o sucesso do empreendimento familiar. Todos devem ter em mente que o caixa da empresa não é a conta bancária dos sócios. Nenhum centavo do caixa pode sair para cobrir despesas pessoais. É fundamental fazer o planejamento financeiro da empresa e controlar os resultados no dia a dia. Além disso, é importante cumprir as obrigações tributárias em dia para evitar as penalidades impostas pela fiscalização.

Imagem: © Depositphotos.com / depostock

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 3181-0610

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

(11) 3230-2238

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top