Educação financeira familiar – A importância da integração de todos

A educação financeira familiar é uma realidade recente. De fato, cada vez mais as famílias estão preocupadas em compartilhar finanças com os demais moradores da casa. Anos atrás, a prática era praticamente inexistente.

Se você ainda não conhece a importância de ter uma educação financeira familiar concreta, acompanhe os motivos a seguir. Assim, você pode melhorar a integração entre os membros e aumentar a saúde financeira.

Educação financeira familiar

O que é educação financeira familiar?

A educação financeira familiar envolve uma série de áreas relacionadas aos estudos e estratégias de manipulação de finanças. De maneira geral, o método consiste em integrar a família em assuntos financeiros, que geralmente são de responsabilidade de um dos pais.

Na realidade, a maneira pela qual as pessoas lidam com o dinheiro varia de caso para caso. Existem famílias que, por exemplo, separam as questões financeiras por membro. Isso pode gerar uma tremenda confusão na hora de calcular gastos compartilhados.

Realmente, investir em finanças de maneira autônoma, sem comunicar os demais membros da casa, não é a melhor opção para quem constituiu uma família. Se você está vivendo com outras pessoas, precisa começar a viver conjuntamente, e isso também envolve a educação.

E sobre o que precisamos educar os nossos pares? Aqui vão alguns assuntos:

  • Como investir porções dos ganhos
  • Orientações sobre o rendimento da família e hábitos de consumo
  • Gastos fixos e variáveis dentro de casa
  • Impacto de compras no orçamento da família
  • Poupança conjunta

É claro que você pode escolher os temas de discussão dentro de sua casa. Mas o ideal é envolver tudo que se refere a receitas e despesas dentro da família no plano geral de educação.

Importância da prática

A educação financeira familiar é essencial para o crescimento e estruturação da casa. A seguir, você vai entender melhor sobre isso. Separamos uma lista de motivos que tornam a prática uma das prioridades no cotidiano da família.

Objetivos integrados

Um dos maiores motivos de discussões entre a família é exatamente as finanças da casa. Se você quer evitar desentendimentos frequentes, deve investir em educação financeira familiar de qualidade. Por meio desse método, você garante que todos estão entendendo o cenário atual ligado à gestão do dinheiro.

Além disso, os objetivos podem ser compartilhados de forma igualitária. Quando apenas um membro da família assume a responsabilidade pela vida financeira, ele acaba colocando seus objetivos na frente dos demais, mesmo que involuntariamente. Esse é um quadro muito propenso a brigas!

Lembre-se de abrir espaço para que todos possam manifestar as suas vontades e opinar nos objetivos. Assim, garantimos um ambiente saudável é passível de maiores aprendizados.

Participação dos filhos em questões financeiras

A educação dos filhos é um dos assuntos mais importantes da família. Pensamos muito em fornecer as bases corretas aos pequenos, mas será que estamos nos lembrando também da vida financeira? Muitas famílias se esquecem da importância do tema.

Colocar os filhos em contato com as finanças da casa é realmente desafiador. Se estamos falando de crianças pequenas, podemos investir em jogos que forneçam uma noção de valoração e dinheiro.

Se a criança já está com mais de 10 anos, está na hora de ensinar e compartilhar a vida financeira da casa. Quanto mais cedo você fizer isso, maiores serão os aprendizados no futuro. Não deixe de conversar sobre rendimento, aplicações, despesas, entre outros temas de relevância.

Melhoria na qualidade das compras

Um pouco de educação financeira pode fazer com que a família observe alguns hábitos que estão se mantendo por pura falta de conhecimento. Você deve considerar que essas tarefas se tornam mais simples quando integramos todos os membros. Afinal, a autocrítica em relação a hábitos de consumo é realmente difícil de se alcançar.

A revisão financeira, que deve ser algo feito mensalmente, se beneficia enormemente do trabalho em equipe. Agora, você não precisa fazer tudo sozinho: o ideal é investir na divisão de tarefas e começar a atribuir um pouco mais de responsabilidade aos membros da casa.

Estímulo à comunicação

Algumas famílias sofrem muito com a falta de comunicação. O problema pode afetar diferentes áreas. Quando ele chega ao campo das finanças, o cotidiano se torna um verdadeiro pesadelo. Afinal, como mencionamos, o dinheiro é uma parte muito sensível de nossas vidas.

Além de ensinar valores e procedimento valiosos, uma boa educação familiar consegue estimular a conversa e a troca de informações entre os membros. Isso é especialmente benéfico para famílias que não possuem ranges oportunidades de encontros frequentes.

Não se esqueça de que as outras pessoas também podem ter muito a acrescentar, mesmo que você seja o mais entendido em finanças da casa. Não deixe de ser um bom ouvinte!

Redução de imprevistos ou falhas de conexão entre partes

Imprevistos acabam com a paz da casa. Imagine que aquele dinheiro que você está investindo acabou de ser descontado por uma falha. Esse é um motivo de brigas, e os outros membros tendem a ficar ainda mais aborrecidos por não entenderem de finanças.

Com uma educação financeira de qualidade, todos já sabem como se prevenir. A realidade do dinheiro se torna algo mais tangível. Se ocorrerem imprevistos, já que essa sempre é uma possibilidade, o impacto na estrutura familiar não será tão grande assim. Vocês também podem procurar por uma solução em conjunto!

Capacidade de entender investimentos em comum

Geralmente, quando a família não teve educação financeira, uma pessoa da casa tem a ideia de investir e cuidar das aplicações da família. Ao primeiro olhar, isso pode não parecer errado, pois há um aparente equilíbrio na estrutura.

Entretanto, os resultados são bem melhores se você trabalhar e pensar em conjunto. Além disso, os seus filhos podem começar a aprender com você. As chances de se tornarem grandes investidores, com autonomia financeira, se elevam rapidamente.

Como você pode perceber, ter uma educação financeira familiar promove um ambiente bem mais estável. E aí, está pronto para trabalhar em cima de todos os dados fornecidos? Deixe um comentário abaixo e comece a investir nas finanças em família!

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.

 

Fale Conosco

(11) 3181-0610

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top