Entenda mais sobre juros compostos

Os juros são uma consequência de movimentações financeiras entre uma pessoa e uma instituição, como empréstimos de dinheiro, financiamentos, dívidas, cheque especial, etc. 

Os juros representam um percentual em relação ao valor total e estes podem calcular-se conforme acordado com o cliente e instituição. 

Muitas pessoas desconhecem a diferença entre os juros simples e os juros compostos. Neste artigo irei te explicar mais um pouco sobre estes últimos. 

juros-compostos

O que são os juros compostos?

Bom, os juros compostos se calculam levando em consideração a atualização do capital, o que significa que não interfere unicamente no valor inicial. Ele também interfere sobre os juros acumulados, os famosos juros sobre juros. 

Um outro nome para estes juros é “capitalização acumulada”, e costumam ser muito usados em transações comerciais e financeiras, como por exemplo: dívidas, investimentos, empréstimos, etc.

Os juros compostos tem como característica o mês que são incorporados ao capital. Com uma taxa neste formato, o seu valor consegue crescer a uma velocidade maior em comparação com os juros simples. 

É por este motivo que os juros compostos são excelentes quando se pensa em investimentos, porém, é necessário tomar cuidado quando se trata de dívidas. 

Então, qual é a diferença entre juros simples e juros compostos?

A diferença principal entre ambos tipos de juros é em relação à base de cálculo da taxa. Isso se deve a que nos juros simples a taxa se cobra sobre o valor inicial. E nos juros compostos se cobra no último valor do mês. 

Por exemplo, se formos solicitar um empréstimo de R$ 10 mil, e consideramos que o mesmo tem uma taxa mensal de 1%, nos juros simples o valor aumenta em R$100,00 por mês. 

No caso dos juros compostos o valor aumenta em R$100,00 no primeiro mês, e em R$101,00 no segundo mês, e assim posteriormente. O que significa que em um prazo de 12 meses você terá acumulado R$ 11.268,25. 

Como posso calcular os juros compostos?

Para você calcular os juros compostos de qualquer transação financeira tem que usar a seguinte expressão: 

M = C (1+i)t

Onde,

M: montante
C: capital
i: taxa fixa
t: período de tempo

 

Lembrando que: 

O Capital: se refere ao valor inicial de uma dívida, empréstimo ou investimento. 

Juros: O valor obtido quando aplicamos a taxa sobre o capital. 

Taxa de Juros: Expressa em porcentagem levando em consideração o período em qual foi aplicado, podendo ser um dia, mês, bimestre, ano, etc. 

Montante: O capital que foi acrescido dos juros, em outras palavras o Montante é igual À soma de capital e juros. 

Como posso usar os juros compostos para incrementar minha renda?

Os juros nem sempre devem ser vistos como motivos de preocupação. Se for em caso de investimentos, os juros compostos são vantajosos porque melhoram a situação financeira conforme o passar do tempo. 

Além deles trabalharem para você de forma automática, se você separar um valor mensal, mesmo que este seja pequeno e for aplicado mensalmente você terá um futuro ainda melhor. 

Para que os juros compostos proporcionem o máximo de retorno para você, é necessário que preste atenção a dois pontos importantes: a taxa de juros e o tempo disponível. 

Como já mostrei anteriormente o impacto dos juros compostos em relação ao sistema de juros simples tem diferença. Esta disparidade se deve à diferença da taxa de juros obtida ao longo do tempo. 

Muitas pessoas cometem o erro de não investirem desde cedo por acharem que não dispõem de dinheiro suficiente para isso. Porém é possível começar com valores pequenos que ao longo do tempo irão crescendo. 

Um pouco de disciplina e inteligência financeira podem ter um impacto profundo ao longo do tempo. E pensando também que o tempo passa muito rápido, é melhor que seja com um valor investido do que se arrepender no futuro. 

Investimentos que usam os juros compostos ao seu favor 

Os investimentos disponíveis no mercado financeiro que tem como base a renda fixa utilizam os juros compostos. Como por exemplo: CDB, Tesouro Direto, Poupança, LCA, LCI, entre outros. 

Se você está pensando em investir na bolsa de valores, embora não pague juros diretamente sobre os investimentos também oferecem retornos compostos que podem ajudar. 

É importante mencionar que os investimentos oferecem juros compostos, capazes de beneficiar a aplicação no longo prazo. Quanto mais tempo deixe o seu dinheiro rendendo, melhor será o resultado. 

Juros compostos na renda fixa 

No caso do CBD (Certificado de Depósito Bancário). Este é um título emitido por um banco ou corretora que empresta dinheiro para outros clientes. O que quer dizer que a instituição toma emprestado de você para outras pessoas. 

É importante levar em consideração que o CBD se rege pela tendência de queda da Taxa Selic (juros básicos da economia brasileira) o que pode ser menos atraente durante alguns meses. 

Para encontrar a melhor opção é necessário verificar as características do investimento, assim como a carência mínima para a aplicação e o tamanho mínimo do aporte. 

No caso de LCI e LCA são títulos semelhantes com finalidades parcialmente diferentes para as instituições financeiras. Já que eles não incidem no seu imposto de renda, o que pode ser interessante, porém o valor mínimo pode chegar, em certos casos, a R$ 50 mil. 

Se você está mais interessado no Tesouro Direto saiba que é uma excelente opção para renda fixa, pois possui risco zero e liquidez diária. E também não tem variações conforme a corretora porque são oferecidos diretamente pelo Tesouro. 

Conclusão 

É possível que os juros compostos possam ser prejudiciais na sua vida quando se trata de cheque especial ou dívidas do cartão de crédito. Porém, se está tentando alavancar sua vida financeira como investidor, eles podem ser uma peça fundamental para o seu sucesso. 

No dia a dia os juros compostos são capazes de nos ajudar a obter resultados incríveis se soubermos onde investir, pois farão com que os nossos recursos sejam poupados e beneficiados. Por ser um motor que acelera as aplicações conforme o valor e o tempo. 

No caso das suas finanças pessoais é interessante investir conforme o seu perfil, suas possibilidades e organizar os detalhes para realizar a melhor inversão levando em consideração os juros compostos. 

Faça uso de aplicativos e planilhas de gastos para entender melhor sua vida financeira e mantenha-se focado em relação ao seu dinheiro e todas as áreas da sua vida com o objetivo de economizar mais e ter um futuro melhor. 

Essa economia e disciplina terá grandes resultados na hora de investir. Sempre levando em consideração que os juros compostos ganham mais força conforme o passar dos anos. No início pode ser difícil de ver a diferença, porém após um, dois, cinco anos você será grato pela sua disciplina. 

É a partir desse momento que o seu dinheiro trabalha por você e não você pelo dinheiro. Aproveite os benefícios que os juros compostos podem trazer para sua vida e cuidado quando for o caso contrário.

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

(11) 3230-2238


Suporte ao Aluno:

(11) 9 3024-0660

[email protected]

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top