Entenda o que é COE – Certificado de Operação Estruturada – e invista melhor o seu dinheiro

desenho de homem pulando gráfico de moedas
O Certificado de Operação Estruturada (COE) é um conjunto de operações constituídos por ativos de renda fixa e derivativos de renda variável.

Se você está pensando em fazer algum tipo de investimento, é preciso estar atento a alguns aspectos: além do objetivo pretendido e das estratégias adotadas, o cenário do mercado também deve ser analisado, especialmente quando a taxa de juros cai. Quando esse índice fica baixo, a quantidade de produtos aumenta.

Quando acontece algum movimento grande no mercado, seja uma queda da inflação ou baixa dos juros, o COE se torna uma tendência. Atuando como um escape para estratégia de notas estruturadas, o COE serve como uma ótima alternativa para quem quer investir seu dinheiro de maneira positiva e ter um ótimo retorno.

COE: o que é?

COE é uma sigla que significa Certificado de Operações Estruturadas, uma atividade que só foi regulamentada no Brasil em 2014, mas já é uma prática comum por parte de alguns investidores. Trata-se de um conjunto de operações compostos por ativos de renda fixa e derivativos de renda variável.

De maneira simples, o investidor não vai precisar comprar nenhum ativo ou uma cota de fundos, uma vez que o método não possui um limite mínimo para ser investido. Outro detalhe é que o COE pode valorizar ou não o investimento, e ainda determinar um intervalo de tempo para que a condição esteja numa posição positiva.

Dessa forma, o COE se caracteriza a partir de dois aspectos:

  • O capital protegido, no qual o investidor recebe o que foi investido;
  • O capital em risco, quando há chances de perder todo o capital presente no investimento.

Cada banco possui uma maneira específica de realizar o COE, sendo que sua liquidez, prazo de vencimento e normas de rentabilidade podem variar.

Vantagens do COE

Quando você pensa em investir seu dinheiro com o COE, além de conhecer seus riscos, é necessário conhecer suas vantagens. A primeira delas é que seu investimento se torna mais sofisticado. Por exemplo, se o índice do Ibovespa se valoriza em 25%, seu ganho é proporcional a essa valorização. Isso ainda é feito de maneira barata, uma vez que o COE apresenta custos menores do que outras estratégias de investimento.

Outra vantagem importante é que o COE trabalha com uma tributação única, mesmo que cada banco tenha uma maneira específica de adotá-lo. Essa tributação diminui se o prazo de vencimento do COE aumenta.

Além disso, por ter formas variadas para ser feito, o COE não requer uma operação estruturada para moderar seu investimento. Aparenta que o investidor está fazendo um COE por conta própria, mas não é assim. Dessa forma, o investimento corre livre e só sofre riscos caso haja desvalorização do mercado.

Imagem: © Depositphotos.com / MSSA

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 3181-0610

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

(11) 3230-2238

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top