Fundo Garantidor de Crédito: entenda o que é e qual a sua importância

Um bom investidor já ouviu falar do Fundo Garantidor de Crédito. Mas ele não é só importante para quem já está no mundo dos investimentos, os iniciantes também deve conhecê-lo.

Apesar de ser popular, nem todo mundo sabe o que ele é e como ele realmente funciona no mercado financeiro. 

O FGC, como é chamado, é essencial para a segurança de um investimento e pode fazer a diferença na hora de escolher o tipo de investimento que você vai fazer.

Assim, ele pode ser um fator decisivo na hora de aplicar o seu dinheiro em algum lugar. 

Para ajudar você a entender tudo sobre o Fundo Garantidor de Crédito, preparamos esse guia completo. 

Aqui, você entenderá  que é o FCG, para quê ele serve, qual a sua importância e muito mais. 

Fundo Garantidor de Crédito: o que é?

O Fundo Garantidor de Crédito é uma entidade que protege os investidores em algumas aplicações. 

Mas como assim? É simples,  FGC garante ao investidor ou correntista que ele terá o dinheiro de volta em casos específicos.

O FGC garante que o investidor tenha de volta até R$250mil em caso de falência da instituição financeira, intervenção ou liquidação.

É uma associação privada sem fins lucrativos que conta com profissionais trabalhando na prevenção de riscos e emergências. 

Essa associação conta com aportes mensais dos seus associados, que na maioria das vezes, são bancos ou instituições financeiras. As instituições financeiras contribuem com uma quantia mensalmente para o sustento do FGC.

Assim, o Fundo Garantidor de Crédito trabalha para ofertar a segurança da rentabilidade do investidor. 

Com essa garantia, o sistema financeiro gira de forma mais saudável e segura. 

Como funciona o Fundo Garantidor de Crédito?

Como já falamos, o FGC é garantido por instituições financeiras e bancos, através de uma porcentagem de dinheiro que é tirada das suas contas mensalmente.

Se a instituição financeira ou o banco falir, o Fundo Garantidor funciona com os seguintes passos: 

  1. A instituição deverá listar todos os investidores e credores e enumerar a quantia que deverá ser devolvida
  2. O Fundo seleciona o banco, que está na lista de aportes, para fazer a devolução do valor
  3. O FGC escolherá a agência para que o investidor receba seu dinheiro, esse assinará um termo. 

O funcionamento do FGC é garantido para que o mercado financeiro tenha equilíbrio e os investidores sintam-se seguros em investir. 

Quais os investimentos garantidos pelo FGC?

Vale deixar claro que o Fundo Garantidor de Crédito não protege a todos os investimentos. Ele protege alguns deles. 

Mas quais são os investimentos garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito? Confira a lista dos investimentos protegidos por essa associação:

Poupança

A poupança é o investimento mais popular no Brasil. Ela não é considerada um investimento de boa rentabilidade, mas é um investimento seguro. 

A caderneta de poupança é um dos investimentos assegurados pelo Fundo Garantidor de Crédito. 

CDB

O Certificado de Depósito Bancário é um empréstimo que o investidor faz ao banco, gerando uma rentabilidade. 

Também é considerado um investimento seguro por conta da sua liquidez e da garantia do Fundo Garantidor de Crédito.

Letra de Crédito Imobiliário

É um título emitido por uma instituição financeira para garantir o funcionamento de suas atividades, no âmbito imobiliário. 

Esse investimento é assegurado pelo FGC, assim, o investidor tem maior segurança na hora de investir.

Letra de Crédito do Agronegócio

Assim como a LCI, a LCA é um título emitido para o investidor que vai gerar uma boa rentabilidade.

A diferença é que esse investimento é utilizado para financiar o agronegócio. 

Assim como a LCI, o investimento em títulos do agronegócio também é assegurado pelo Fundo Garantidor de Crédito. 

O que o FGC não garante?

O Fundo Garantidor de Crédito não abrange alguns tipos de investimento e algumas particularidades. 

É importante saber o que o Fundo não garante. 

  • Debêntures
  • Fundos de Investimento
  • Tesouro Direto
  • Aplicações na bolsa de valores
  • Certificados de Recebíveis Imobiliários
  • Certificados de Recebíveis do Agronegócio

Essas são algumas das particularidades que não são protegidas pelo FGC. Vale lembrar que o Fundo Garantidor de Crédito só funciona para investimentos privados.

O Tesouro Direto não é protegido pelo FGC?

O Tesouro Direto é um dos investimentos mais populares entre os brasileiros e é considerado um dos mais seguros. 

Mas ele não é assegurado pelo Fundo Garantidor de Crédito. Isso porque ele é um investimento do tipo público, onde você vai emprestar dinheiro para o governo. 

Se o governo for à falência, todo o mercado financeiro estará falido também. Então, a probabilidade disso acontecer é remota. 

Apesar de não ser assegurado pelo FGC, o Tesouro é considerado um investimento seguro pela sua liquidez e acessibilidade. 

O Fundo Garantidor de Crédito deve decidir minha escolha?

Isso vai depender muito do tipo de investidor que você é e qual é o seu objetivo. Caso você queira investir em algo arriscado, o FGC não deve ser um fator decisivo para você. 

O Tesouro Direto, por exemplo, é um dos investimentos mais seguros mesmo sem ter o FGC. Por isso, é importante você pesquisar e estudar bastante sobre o mercado financeiro. 

O que mais eu preciso saber sobre o FGC?

Ainda podem existir algumas dúvidas sobre o Fundo Garantidor de Crédito, mas não se preocupe, elencamos as principais perguntas em relação ao FGC e iremos respondê-las.

Serão contabilizados juros na hora do resgate?

Sim. Ao receber o valor investido, ele será acrescido dos juros de rentabilidade até o momento da quebra da instituição. Mas vale lembrar que se você tiver investido o valor máximo, que é R$250mil, você não conseguirá recuperá os rendimentos.

Com quanto tempo eu recebo o meu investimento de volta?

A média geral do processo de devolução do valor é de 3 meses. Pode demorar mais ou menos, vai depender do caso e da instituição. 

E se minha conta for conjunta?

Alguns casais abrem contas conjuntas para investir um dinheiro pensando no futuro, na casa própria ou na faculdade dos filhos. 

Mas e se o banco falir? Para quem vai o dinheiro?

É simples, o valor é dividido igualmente entre todos os titulares da conta. 

Essas são as principais dúvidas que surgem depois que conhecemos o FGC, mas não é nada muito difícil, no site oficial da associação, você encontra tudo que precisa saber, além de números e relatórios.

Assim, fica mais fácil entender tudo sobre o Fundo Garantidor de Crédito e tomar a sua decisão, não é mesmo? 

Acompanhe sempre o nosso portal e saiba tudo sobre o mercado financeiro e como tornar-se um investidor de sucesso. Aqui no ICF, você encontra novidades, treinamentos, dicas, cursos de formação e muito mais. Conte conosco para transformar sua vida!

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 94122.1847


Suporte ao Aluno:

(11) 96552.0697
[email protected]

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.

Top