Gestão financeira – Como ela pode te fazer poupar mais?

A gestão financeira é um assunto que sempre aparece nas discussões sobre saúde e rendimento pessoal. Mas será que você sabe realmente como organizar as suas finanças pode te ajudar?

Se você está em dúvidas, vamos discutir um pouco mais sobre uma boa gestão financeira dos seus recursos. Assim, você entende exatamente como ela impacta na sua saúde financeira no futuro.

Gestão financeira,

O que é gestão financeira?

A gestão financeira consiste no planejamento e análise de atividades financeiras pessoais ou empresariais. Esse é um dos métodos mais eficientes para organizar a sua vida financeira, mesmo que você não tenha um negócio pessoal.

Essa técnica engloba tanto a alocação de recursos, ou seja, os seus gastos em diferentes áreas da vida, quanto os investimentos que você faz para melhorar os rendimentos. É por isso que esse é um passo tão primordial na garantia de prosperidade financeira no futuro, para que você não fique sem garantias.

Como uma boa gestão financeira pessoal ajuda na hora de poupar?

Agora que você já entendeu o que é a gestão financeira, vamos entender como a estratégia pode te ajudar a melhorar a sua poupança. De fato, esse é um dos métodos mais usados para poupar mais e gastar menos.

Estabelecimento de metas

A poupança não pode ser feita sem o estabelecimento de metas. Fica bem mais difícil poupar quando não temos um objetivo para cumprir, um desejo que queremos satisfazer. Essa é a técnica mais usada, inclusive, por pessoas que possuem dificuldades para guardar o dinheiro.

O estabelecimento de metas deve ser realizado com cuidado. Elas precisam ser alcançáveis, de acordo com os seus rendimentos mensais. Também deve haver uma noção de tempo associada ao objetivo principal. Em quanto tempo você consegue juntar dinheiro para realizar o seu desejo? Quanto por mês você precisa juntar? Essas perguntas são primordiais.

Planejamento de etapas

Depois do objetivo, o necessário é fazer o planejamento de etapas para cumprir até que o objetivo seja alcançado. Essa capacidade parece fácil, mas você precisa ir desenvolvendo ao longo do tempo. A gestão financeira ajuda a compreender o processo como um todo, com atenção ao planejamento.

Essa etapa deve ser feita, inclusive, por meio de registros dos seus ganhos e gastos. É ideal determinar qual o limite monetário que pode ser deixado para a poupança. Sugerimos que você determine um valor em porcentagem, de acordo com os rendimentos mensais.

Organização da poupança

Não dá para poupar dinheiro se você não manter a constância em suas ações. A gestão ajuda a estabelecer os valores fixos, além dos dias em que você precisa retirar o dinheiro de sua conta para movimentar e não gastar. O registro torna o processo bem mais simples e automático.

O ideal é retirar um dia para guardar o dinheiro no começo do mês, logo depois de receber o salário, por exemplo. Se você não se organizar, vai se pegar guardando apenas os centavos que sobram no final de cada mês. E sabemos que é realmente difícil ter dinheiro sobrando, certo?

Análise de riscos e vantagens

A gestão aplicada a finanças é responsável por fazer uma análise de riscos e vantagens de um investimento ou até mesmo do ato de simplesmente guardar uma quantia. É por meio dessa investigação que você terá a garantia de que aquela ação, que você planejou, não vai acabar te colocando no vermelho.

Digamos que você queira guardar 20% do seu salário por mês. As vantagens estão associadas ao objetivo final planejado, e aqui vemos mais uma vez a sua importância. E os riscos? Será que você vai ter que sacrificar uma porção dos seus ganhos para fazer essa poupança? Esse seria um exemplo de um risco concreto a sua qualidade de vida e capacidade de consumo.

Possibilidade de investimentos

Quando fazemos uma gestão de qualidade, é inevitável se informar e aprender sobre investimentos e possibilidades de aplicação do dinheiro guardado. Uma das coisas que você já coloca na cabeça, nos primeiros momentos, é que no dá para tirar dinheiro de circulação. Mesmo poupando, se a inflação subir, você pode tecnicamente perder dinheiro.

Com a organização e a garantia de métodos pela gestão, você escolhe o melhor investimento para o seu perfil financeiro e para as quantias poupadas mensalmente.

Mudanças nos gastos

Por fim, você consegue modificar seus gastos. Uma planilha organizada ajuda a identificar muitas despesas desnecessárias, que podem ser colocadas na poupança. Você pode perceber que está gastando muito com refeições ou até mesmo com transporte.

Os recursos que não são essenciais podem ser repensados. Entretanto, nada disso é alcançado sem uma análise técnica. Afinal, é difícil ser crítico em relação ao próprio dinheiro!

E você, está pronto para realizar a gestão financeira e poupar mais dinheiro? O que você achou do conteúdo de hoje? Deixe o seu comentário abaixo!

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.

 
© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top