Investimentos de renda fixa: saiba onde aplicar seu dinheiro

moedas e gráfico
Investimentos de renda fixa é uma opção para as pessoas que desejam investir sem correr o risco de perder muito dinheiro.

Investimentos de renda fixa são opções muito vantajosas. Isso porque, independentemente de onde você aplique, o retorno financeiro é bom e o risco de perder dinheiro é bem baixo. Antes de saber quais as opções disponíveis para este investimento, é fundamental entender o que é renda fixa e como ela leva vantagem sobre outros tipos de investimentos.

A renda fixa tem como princípio devolver o dinheiro que foi aplicado, somado a uma determinada taxa de juros (lucro). Assim, o investidor tem a tranquilidade de que cada centavo colocado está assegurado quando necessitar fazer um resgate. As vantagens da renda fixa são inúmeras, mas o sucesso dependerá do perfil do investidor e da paciência dele para saber a hora certa de realizar o resgate.

A poupança, a mais famosa forma de aplicação em renda fixa, não será tratada nesse artigo. Entendemos que o leitor já conhece bem esta aplicação e vamos tentar desmistificar a ideia de que a poupança é “a mais segura das aplicações”. Dito isso, confira algumas modalidades de investimentos de renda fixa e veja a que mais te agrada:

Investimentos de renda fixa

CDB

Os Certificados de Depósito Bancário (CDBs) são títulos de dívidas apresentados pelos bancos, que precisam desse dinheiro para movimentar a roda, ou seja, fazer empréstimos e garantir recursos para pessoas físicas e jurídicas.

O CDB não é algo exclusivo de instituições financeiras grandes, e as médias e pequenas instituições também podem realizá-lo — muitas vezes, inclusive, pagando juros melhores. Vale ficar atento a um detalhe: com o CDB, o imposto de renda é cobrado.

Debênture

Apesar de ser uma palavra complicada, a debênture é um investimento fácil de compreender: são títulos de dívidas que empresas grandes realizam para garantir o financiamento das operações.

A vantagem para a empresa é não depender apenas de bancos para buscar esses recursos, o que em tempos de crise é uma ótima saída para as empresas e para você. Os títulos são apresentados ao mercado e o interessado deve estar com conta em corretoras ou bancos para adquiri-los.

Letras de crédito

Duas são as letras interessantes para investimento: a Letra de Crédito Imobiliário e a Letra de Crédito do Agronegócio. Ambos são parecidos e os riscos são baixíssimos, porque têm como base garantias de quem busca um financiamento imobiliário ou para uma safra agrícola.

Tanto o imóvel quanto a lavoura são as garantias para os financiamentos. A outra diferença é aplicação mínima que cada investidor deve realizar. A LCA geralmente tem o piso bem mais alto que a LCI.

Fundos de investimento

Esta é uma modalidade bem conhecida e tem uma característica interessante: alguns fundos têm regras que ajudam a garantir o investimento aplicado, como não realizar aplicação em países ou empresas que estão com avaliação baixa pelas instituições avaliadoras (ratings).

Os fundos são geridos por pessoas capacitadas do mercado, que trabalham para garantir o retorno do investimento. O valor mínimo de aplicação depende de cada fundo.

E então? O que achou dos investimentos de renda fixa? Já sabe por qual vai optar? Se nós te ajudamos a esclarecer dúvidas, compartilhe esse texto nas redes sociais e permita que mais pessoas tenham acesso a ele!

Imagem: © Depositphotos.com / Violin

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

(11) 3230-2238

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top