Quitar as dívidas: saiba qual conta pagar primeiro

foto de casal com dinheiro e papel na mão
A primeira conta a ser paga são os serviços essenciais, assim como luz e água.

O acúmulo de dívidas é um problema que atinge um grande número de pessoas que, por alguma dificuldade ou imprevisto, acabam deixando algumas contas para trás e complicam bastante sua vida financeira.

Quem se encontra nessa situação precisa quitar as dívidas o mais rápido possível, de modo a manter o nome limpo, livre de sanções e com crédito disponível. Um erro comum é entrar em desespero ao se deparar com as dívidas e tentar quitá-las de maneira desordenada, gerando uma confusão ainda maior e uma bola de neve de juros e multas.

Que contas pagar primeiro para quitar as dívidas?

Pague sempre os serviços essenciais primeiro

As faturas das contas essenciais, como as de água e luz, devem ser sempre a prioridade, sendo as primeiras a serem pagas para evitar que estes serviços possam ser suspensos. Nenhuma dívida deve ser colocada acima destes serviços.

Dê preferência de pagamento às dívidas com juros mais altos

Algumas dívidas podem apresentar uma taxa de juros muito alta, gerando um aumento do valor total da dívida no caso de atrasos. Portanto, depois dos serviços essenciais, as primeiras contas a serem pagas devem ser essas com juros altos, evitando juros cada vez maiores.

Elimine dívidas que podem gerar problemas maiores

Algumas dívidas trazem consequências que podem ser ainda mais graves do que o acúmulo de juros. Multas de trânsito e licenciamento de veículos, por exemplo, podem causara apreensão do veículo caso não sejam devidamente pagos. O melhor a se fazer, portanto, é quitar estas dívidas antes de outras que não estão associadas a esse tipo de problema.

Evite realizar o pagamento mínimo de qualquer conta

Uma das piores armadilhas para quem quer se livrar das dívidas é o pagamento mínimo de qualquer conta, especialmente em faturas de cartões de crédito, que possuem taxas de juros altíssimas. Isso porque o pagamento mínimo pode contribuir para que haja um aumento dos juros referente ao valor total da dívida, aumentando-a ao invés de diminuir com o pagamento mínimo.

Renegocie suas dívidas sempre que possível

Uma das melhores maneiras de evitar multas e juros nas dívidas restantes é buscar uma negociação com as empresas credoras, encontrando um acordo que resulte em uma facilidade maior para o pagamento.

A renegociação de dívidas evitará, ainda, que a dívida aumente durante seu pagamento, que pode ser dividido em algumas parcelas, aliviando seu orçamento e possibilitando uma reestruturação financeira longe das dívidas.

Imagem: © Depositphotos.com / Syda_Productions

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 96220.1823


Suporte ao Aluno:

(11) 93024.0660
[email protected]

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.

Top