Saiba qual a melhor estratégia comercial para assegurar caixa positivo

gráfico e moedas
O fluxo de caixa é essencial para manter uma boa saúde financeira dentro das empresas, uma vez que essa ferramenta possui todas operações financeiras realizadas.

O fluxo de caixa é uma ferramenta de extrema importância no ambiente empresarial, sendo considerado uma das bases que sustentam o negócio. Trata-se de um instrumento essencial para o empreendedorismo, uma vez que é composto por todas as informações referentes às operações financeiras realizadas em determinado período de tempo.

Com base no fluxo de caixa, os gestores podem ter uma noção mais completa dos números apresentados pela organização, tendo base para elaborar novos planos e ações em seu negócio. A partir dessas informações, é possível saber se é necessário fazer novos empréstimos, se há como alongar os prazos de pagamentos aos clientes ou se é preciso barganhar com fornecedores, por exemplo.

Como fazer o fluxo de caixa

Antes de tudo, é necessário dividir o dinheiro que sai em três tipos: despesas, fornecedores e saídas extras (que abrangem os investimentos, impostos e empréstimos, além de outros pagamentos que não se encaixam nas outras categorias).

Nas despesas, é recomendado abrir mais três subdivisões: comerciais (como porcentagens dos lucros para os vendedores e gastos com publicidade), administrativas (gastos para o funcionamento da própria empresa, como aluguel do espaço e aquisição de materiais) e financeiros (juros a serem pagos em empréstimos, multas e outras despesas do tipo).

Vale destacar que o empreendedor não deve confundir saldo negativo com prejuízo, uma vez que o prejuízo e o lucro estão associados ao que falta ou sobra quando a empresa fecha suas vendas e paga todas as despesas. No caso do saldo negativo, é possível que haja apenas uma deficiência momentânea no caixa. Nesse aspecto, cabe ao empreendedor fazer um planejamento financeiro eficiente e que garanta um saldo positivo em seu caixa.

Entre as atitudes que devem ser adotadas para que o saldo do seu caixa seja positivo, podemos destacar:

Cumpra sempre os prazos

Tenha tudo muito bem definido na hora de receber, de pagar e fazer entregas. É preciso se organizar e manter tudo em ordem para que não seja preciso arcar com juros por causa de atrasos e ficar cobrando fornecedores a todo o momento. Essas cobranças, além de resultarem em mais despesas para você, podem prejudicar a boa relação comercial estabelecida. Portanto, fique atento e organize tudo em uma planilha, em um software online ou até mesmo em seu caderno.

Não faça muitos empréstimos

Fazer empréstimos bancários, ainda mais quando se é uma empresa emergente, é sinônimo de taxas de juros altíssimas — e o que parece a solução para evoluir seu negócio, na verdade pode acabar com ele. Procure outros meios mais viáveis e menos arriscadas, e pense muito bem antes de recorrer a esse artifício, conversando sempre com seus sócios e conselheiros financeiros.

Se julgar necessário, considere atuar junto com um Coach Financeiro.

Imagem: © Depositphotos.com / Tadamichi

Compartilhe:

Envie sua mensagem e ligamos para você.

Formulário específico para quem deseja uma Vida Financeira Abundante e Próspera.




 

Fale Conosco

(11) 3181-0610

(11) 9 61107847

(21) 9 69389672

(11) 3230-2238

Mapa do Site

© 2016 Instituto Coaching Financeiro. Todos os direitos reservados.
Top